Mais Notícias

Vacinas da Pfizer e BioNTech são eficazes contra variante Ômicron

A Pfizer e a BioNTech anunciaram nesta quarta-feira (8) que três doses da vacina desenvolvida pelos laboratórios contra Covid-19 neutralizam a variante Ômicron. Segundo estudos preliminares, a dose de reforço aumenta em 25 vezes o número de anticorpos neutralizantes na comparação da ação das duas doses contra a nova cepa.

Os laboratórios afirmaram que a eficácia de duas doses da vacina Pfizer-BioNTech reduz significativamente contra a variante ômicron. Apesar da diminuição dos anticorpos neutralizantes, as duas doses do imunizante são eficazes na prevenção do desenvolvimento da forma mais grave da doença.

A Pfizer e a BioNTech estão desenvolvendo uma vacina específica para a variante ômicron. A expectativa é que ela esteja pronta até março de 2022. Para ser administrada no Brasil, o imunizante precisa de autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). A ômicron foi classificada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como “variante de preocupação”. Na última 3ª feira (7.dez.2021), o diretor de emergências da organização, Michael Ryan, reconheceu que as vacinas atuais têm a eficácia menor contra a ômicron devido à quantidade de mutações, mas disse que “não há razões para pensar que os imunizantes disponíveis são totalmente ineficazes contra a cepa.

“Embora duas doses da vacina ainda possam oferecer proteção contra doenças graves causadas pela cepa Ômicron, está claro a partir desses dados preliminares que a proteção é melhorada com uma terceira dose de nossa vacina”, disse o CEO da Pfizer.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar