Mais Notícias

Onda de influenza A H3N2 diminui em Pernambuco, que registra queda nas solicitações por leito

Na segunda semana epidemiológica de 2022, de 9 até 15 de janeiro, Pernambuco apresentou uma desaceleração dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Foram 1.189 notificações, o que representa uma redução de 15% em uma semana.

Os dados foram apresentados em coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (19), no Recife, pelo secretário estadual de Saúde, André Longo.

Essa redução refletiu também nas solicitações por leitos de UTI. Foram registrados 672 pedidos, uma redução de 16% em uma semana e de 15% em 15 dias.

De acordo com André Longo, a pressão no sistema de saúde havia acontecido por causa do impacto da influenza A H3N2, que vem apresentando queda acelerada.

“Há três semanas, a positividade para a H3N2 era de 50%. Hoje as testagens apontam para apenas 15% de casos da influenza”, detalhou o secretário.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar