Mais Notícias

SEMANA PODE COMEÇAR COM ANÚNCIO DE NOVAS RESTRIÇÕES CONTRA COVID-19 EM PERNAMBUCO

Diante do cenário de aceleração da variante Ômicron, já predominante no Estado, o secretário estadual de Saúde, André Longo, antecipou para esta segunda-feira (7) a discussão sobre o protocolo atual de restrições contra a covid-19 em Pernambuco. A princípio, o decreto que está em vigor teria validade até 15 de fevereiro.

“Pernambuco está, atualmente, entre os cinco Estados com mais medidas de restrição no Brasil e é um dos poucos que exige, além do passaporte vacinal, o exame negativo da Covid-19 para entrada em eventos. No entanto é um fato inegável a aceleração da Ômicron e vamos aguardar a conclusão desta semana epidemiológica para analisar os dados de forma pormenorizada para tomar as decisões que se façam necessárias. Como sempre ressaltei, o Governo do Estado não vai hesitar em ampliar as medidas, caso os indicadores se imponham”, antecipou o auxiliar do governador Paulo Câmara, durante coletiva de imprensa na última semana.

Caso o protocolo seja endurecido, é possível que festas privadas e grandes eventos sejam inviabilizados. Atualmente, eles estão permitidos desde que tenham até 3 mil pessoas em locais abertos e 1 mil em espaços fechados ou 50% da capacidade do local – valendo o que for menor -, além da comprovação vacinal com duas doses ou dose única para quem tem até 54 anos e o reforço para quem tem a partir de 55 anos. A partir de 300 pessoas, é preciso apresentar teste negativo.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar