Mais Notícias

No Dia de Nossa Senhora do Carmo, celebrações e demonstrações de fé pelo centro do Recife

Junto ao governador Paulo Câmara, o prefeito João Campos acompanhou a missa das 7h, ministrada pelo Frei Rosenildo Alexandre. A 326ª festa de Nossa Senhora do Carmo será encerrada com procissão por volta das 16h30

Neste sábado, 16 de julho, dia em que se celebra a Nossa Senhora do Carmo, a Basílica dedicada à padroeira do Recife ministrou missas simultâneas, de hora em hora, desde 0h, dentro da igreja e no claustro. O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e o prefeito do Recife, João Campos, prestigiaram a celebração das 7h, conduzida pelo Reitor da Basílica, Frei Rosenildo Alexandre, para agradecer à Santa e pedir bençãos aos recifenses. A missa fez parte da programação da 326ª Festa de Nossa Senhora do Carmo que ocorre desde o último dia 6, comemorando o centenário da Basílica.

“Hoje, em mais um dia 16 de julho, Dia de Nossa Senhora do Carmo, nossa padroeira, vim logo cedo aqui para a missa, para poder agradecer a Deus e pedir sempre a proteção de Nossa Senhora à nossa cidade. A gente lembra que quem não veio ainda pode vir até às 15h, quando haverá a missa de encerramento e depois a procissão. Eu fico muito feliz, enquanto prefeito, de ver a Prefeitura ajudando na organização para poder celebrar mais uma festa de Nossa Senhora do Carmo, que agora pode ser de modo presencial, e poder pedir a proteção dela para a nossa cidade. Viva Nossa Senhora do Carmo!”, disse João Campos, logo após a celebração. A festa deste ano tem o tema “Ave, Virgem do Carmo, Mãe e Imagem da Igreja, Teu povo em festa celebra o Pão da Vida!”. E o lema é “Todos eles perseveraram unânimes na oração, juntamente com Maria, Mãe de Jesus”.

A administradora Ângela Lima, de 54 anos, saiu do bairro do Ibura e se dirigiu à Basílica do Carmo do Recife, no centro da cidade, logo cedo, neste sábado, para rezar e agradecer. “Tenho muita fé em Deus e em todas as ‘Nossas Senhoras’, mas, especialmente nesta. Acho Nossa Senhora do Carmo mais próxima de mim, e admiro tudo o que ela representa na Igreja, a mãe do Carmelo, a mãe das mães, tenho muita fé mesmo. Deus é tudo, Nossa Senhora é mais”, contou ela. “Desde criança eu passava aqui por essa igreja e a achava linda, e comecei a frequentar a igreja. E acho muito bonito a causa, o carmelo, a obra, tudo referente à Nossa Senhora do Carmo eu acho muito bonito. E tudo o que eu peço a ela, eu tenho alcançado sempre”, acrescentou.

A amiga dela, a aposentada Josefa Santana, 68 anos, saiu do mesmo bairro, cansada e com dores, mas já se sentiu melhor ao entrar na igreja: “Eu tenho muita fé em Nossa Senhora do Carmo. E tudo o que a gente pede, com fé de verdade, a gente alcança. Sem fé, não adianta pedir a Santo algum. Ela é mãe de Jesus e é nossa mãe também. Saí de casa cansada e com muitas dores no corpo mas já estou me sentindo maravilhosamente bem, graças a Deus”, revelou.

PROCISSÃO E TRÂNSITO – Para concluir os festejos, às 15h, neste sábado, será realizada a Missa Solene Campal com o arcebispo metropolitano da Arquidiocese de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido. Logo em seguida, por volta das 16h30, haverá a tradicional procissão, que foi interrompida, por dois anos, devido à pandemia da covid-19. Os fiéis sairão da Basílica de Nossa Senhora do Carmo, seguirão pelas avenidas Nossa Senhora do Carmo e Martins de Barros, Palácio do Campo das Princesas e Rua do Sol. Avenida Guararapes e Avenida Dantas Barreto. A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) montou bloqueios itinerantes, feitos e desfeitos de acordo com a passagem do público.

Foto: Édson Holanda/Prefeitura do Recife

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar